Oreintação: Profissional, Vocacional ou de Carreira?

Em nosso tempo a questão da carreira e, principalmente, a assertividade na escolha de uma profissão tem se tornado um tema crucial na vida dos futuros profissionais. A complexidade das relações de trabalho, de tecnologia e de mercado gera uma demanda de informações que por vezes confunde e assusta aqueles que precisam começar a pensar no mercado de trabalho e num futuro de sustento e realizações, além da influência de outros aspectos, como os sociais, financeiros e familiares.
Correspondendo a esta conjuntura, a Orientação Profissional coloca-se a serviço da pessoa com o intuito de ajudá-la na escolha ou no ajustamento profissional, aproveitando ao máximo suas potencialidades e possibilidades, pois o processo não se estabelece através de uma imposição, mas de uma orientação que oferece meios que possibilite o cliente a fazer uma escolha livre.
Muitas vezes podemos ouvir os termos: “Orientação Profissional”, “Orientação Vocacional” e ainda “Orientação de Carreira”. Há diferenças entre elas? Sim. Conceitualmente, podemos falar que a Orientação Vocacional  é um diagnóstico das características individuais do orientando que mais se ajustam a determinada área ou profissão. Esse diagnóstico se realiza através da aplicação apropriada de testes psicológicos. A Orientação Profissional vai além da aplicação de testes psicológicos, ou da Orientação Vocacional. Propomos subsídios para que o orientando reflita sobre suas habilidades e potencialidades, levando-o ao autoconhecimento, que por sua vez,  o conduzirá a uma decisão acertada sobre sua profissão e desde já sobre sua carreira. São aplicados testes psicológicos para mapeamento de suas habilidades, potencialidades e preferências profissionais, porém, trata-se de um processo de aprendizagem compreendendo também a pesquisa sobre respectivas profissões, debate e reflexão. Já a Orientação de Carreira, é um processo no qual o orientando analisa sua trajetória profissional para elaborar e realizar projetos de vida no trabalho que integrem as diversas dimensões de sua identidade, personalidade e estilo. O consultor de Orientação de Carreira utiliza-se de instrumentos para analisar as variáveis que compõem o contexto pessoal e profissional e subsídios para alimentar o processo de auxílio ao cliente.
Concluímos que a Orientação Profissional e de Carreira abrangem a pessoa como um ser psicossocial e psicodinâmico, sendo ele jovem, para escolher uma profissão, ou maduro, para mudar de direção profissional.
O ser humano não é estático, está sempre em movimento e evoluindo. Buscar Orientação fundamentada na Psicologia abrange a realidade psicossocial e dinâmica da pessoa, consequentemente contribuindo para a liberdade de escolha profissional, permitindo que faça sua opção com consciência e com conhecimento de causa.
Costumamos dizer que a linha de chegada é somente o começo para uma carreira de sucesso e realizações.